Seguidores

domingo, 14 de junho de 2009

Chaves é para crianças? E filosofia?

Seu Madruga- Quantos anos você tem, Chaves?
Chaves- Oito, por quê?
Seu Madruga- É que eu não entendo como é que em tão pouco tempo se consegue ficar tão burro!
Chaves- Pro senhor demorou mais?


Chaves é muitas vezes classificado como programa infantil, não que isso seja ruim. E não que o programa seja uma coisa que se diga, minha nossa! Que programa adulto! Até porque a classificação de programa adulto, geralmente acaba partindo para um outro lado na maioria das vezes. Temos exemplos aos montes na internet. Se eu digitar aqui playboy Sandy, Sexy Sandy capetinha, Playboy Francine, brasileirinhas , downloads video xxx, video da sobrinha de Gretchem, Julia Paes, Monica Matos, enfim a lista é imensa. Irá chover paraquedistas do google.(estou testando o google "analitiquis")
Mas tirando isso, Chaves era exibido em horário nobre no México, e grande parte do "infantil" do programa veio do fato de muitas crianças assistirem o seriado, o que fez com que chespirito se preocupasse mais com o conteúdo do programa. Cenas que as crianças poderiam imitar como por exemplo um episódio em que o Chaves lambe um ferro de passar, foram ficando mais raras, só ficaram os cascudos e tapas, mas em comparação com desenhos como Tom e Jerry por exemplo, Chaves é pouco violento.
Não creio que as crianças tenham dificuldade de entender uma piada do programa, porém perceber as sutilezas e inteligência dos diálogos, adimirar a simplicidade, é coisa que acontece depois de uma certa idade. O próprio Roberto Gomez Bolaños fala disso em sua autobiografia (sobre seu programa ser classificado como infantil), ele cita os quadrinhos de Mafalda do quadrinista argentino Quino que na opinião dele são dos mais geniais, e não tem nada de infantil, apesar de retratar o mundo de uma menina argentina de 7 anos.
E a filosofia? Ela ao contrário, é tida como coisa de adúlteros, digo, de adultos. É preciso bom conhecimento da língua , interpretação de textos difíceis, exige uma formação árdua, paciência, enfim nada de infantil (só o conceito que temos da palavra infantil, quando nos referimos a alguém como sendo infantil, já é um bom material para "filosofar")
Mas mesmo com toda a sua complexidade, algumas perguntas da filosofia são muito parecidas com as que as crianças fazem. Obviamente não podemos concluir daí, que a filosofia seja algo para as crianças, assim como não podemos concluir que só por retratar coisas do universo infantil, Chaves é um programa infantil. Questionar as coisas que ouvimos e as aparências , eis um bom começo para as crianças.

links:
http://www.hottopos.com/videtur15/dora.htm
http://www.urutagua.uem.br//ru26_sofia.htm
http://portal.filosofia.pro.br/filosofia-para-criancas.html

Um comentário:

  1. Chaves não tem público-alvo (e, se tem, deve-se restringi-lo à faixa entre 8 e 80). Todas as crianças deveriam assistir, e benditos sejam os pais que com elas desfrutam deste fantástico programa: adultos que se tornam crianças e crianças que evoluem com entretenimento sadio!

    ResponderExcluir